22:03 23 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente turco Recep Tayyip Erdogan discursando em comício em Istambul - 5 de março de 2017

    Turquia conta com apoio dos EUA para combater os curdos

    © REUTERS/ Murad Sezer
    Mundo
    URL curta
    604

    As autoridades turcas contam com apoio dos Estados Unidos na operação militar contra as Unidades de Proteção Popular curdas (YPG) em Afrin, no noroeste da Síria, informou o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

    No sábado, Erdogan afirmou que o exército turco deve iniciar nas próximas semanas a operação militar nas regiões de Manbij e Afrin, que se encontram no momento sob o controle das YPG. 

    Segundo Erdogan, os EUA enviaram mais de 4,9 mil caminhões e 2 mil aviões com armas para as YPG.

    Ancara sempre repreendeu Washington por apoiar as forças curdas, que a Turquia considera terroristas, relacionadas ao partido Partido dos Trabalhadores do Curdistão, proibido no país.

    "Chegou o momento de apoiar Ancara e as ações que se fundamentam na parceria estratégica com a Turquia. Esperamos que Washington apoie os esforços da Turquia. Esperamos que os países aliados endossem a posição de Ancara, nessa questão tão crítica, relativa à operação em Afrin. Esperamos que durante a operação em Afrin, essas forças aliadas não cometam o erro de se juntar aos terroristas", disse Erdogan, segundo a agência Anadolu.

    O presidente criticou a política dos EUA na região, destacando a inadmissibilidade do apoio às YPG.

    Mais:

    Turquia não quer ser um país europeu de 'segunda classe'
    Forças Armadas da Turquia abrem fogo contra posições de curdos na Síria
    Partido governante da Turquia publica relatório explicando compra dos S-400 russos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik