03:06 14 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Tanques do exército da Turquia perto da fronteira síria

    Turquia quer expansão de missão em zona desmilitarizada da Síria para neutralizar curdos

    © AFP 2018 / BULENT KILIC
    Mundo
    URL curta
    0 82

    O Conselho de Segurança Nacional da Turquia considera apropriado ampliar a missão de observação na zona desmilitarizada em Idlib, na Síria.

    "Acreditamos que a missão de observação realizada com sucesso em Idlib pode garantir tranquilidade e segurança no oeste da província de Aleppo e em torno de Afrin", diz o comunicado emitido após uma reunião do Conselho de Segurança realizada sob a presidência do líder turco, Recep Tayyip Erdogan. 

    A região de Afrin é atualmente controlada pelo Partido da União Democrática (PYD), considerado por Ancara como terrorista e ligado ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), proibida na Turquia.

    Anteriormente, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, anunciou mais uma vez a possibilidade de uma operação militar em Afrin contra as forças curdas PYD que, segundo ele, ameaçam a segurança do país.

    Mais:

    Damasco aprova declaração conjunta da Rússia, Irã e Turquia sobre crise síria
    Rouhani destaca a necessidade de coordenar as posições da Rússia, Irã e Turquia na Síria
    Erdogan: Turquia propõe à Rússia plano de ação conjunto sobre cidade síria de Afrin
    'Invasores': Síria sobe o tom contra a presença de EUA e Turquia no país
    Tags:
    zonas de segurança, segurança, curdos, Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), Partido da União Democrática (PYD), Recep Tayyip Erdogan, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik