14:17 26 Abril 2018
Ouvir Rádio
    O complexo lançador de mísseis S-400 Triumph desfila pela Praça Vermelha durante a Parada da Vitória em 9 de maio de 2017

    OTAN fica 'sem alternativa' e se conforma com venda dos S-400 russos à Turquia

    © Sputnik / Grigory Sysoev
    Mundo
    URL curta
    6181

    A liderança da OTAN se conformou com a decisão da Turquia de adquirir os sistemas russos de mísseis antiaéreos S-400 para não estragar as relações com Ancara.

    A assinatura do contrato entre Rússia e Turquia foi criticada pelos EUA, que afirmaram que a melhor opção para a Turquia seria um sistema de defesa antimíssil compatível com as armas da OTAN. 

    "Nós fomos forçados a abordar esta situação de forma pragmática, que tipo de alternativa nós temos? precisamos arruinar nossas relações com a Turquia devido a certos problemas, quando sabemos que a Turquia está pronta para discutir essas questões? Seria muito irracional", disse o presidente do Comitê Militar da OTAN, Petr Pavel, em entrevista à U.S. News & World Report.

    Pavel destacou que a Aliança do Norte não está satisfeita com a decisão da Turquia de adquirir os S-400, já que as armas não podem integrar-se ao sistema de defesa antimísseis da OTAN. Além disso, ele destaca que a transação viola as sanções norte-americanas contra a Rússia.  

    Ao mesmo tempo, Pavel observou que a Turquia continua a ser um importante membro da OTAN devido à sua localização geográfica e ao seu grande exército. 

    Em 12 de setembro, Moscou e Ancara celebraram um acordo sobre a venda de sistemas S-400 à Turquia. Em 29 de setembro, o assessor presidencial russo, Vladimir Kozhin, confirmou que a Turquia havia realizado um pagamento inicial, acrescentando que a entrega dos sistemas está prevista para 2019. As negociações entre a Rússia e a Turquia sobre a venda de sistemas S-400 tiveram início no ano passado.

    Mais:

    Turquia afirma que os sistemas russos S-400 não ameaçam a OTAN
    Que riscos corre Rússia com possível venda de S-400 para Arábia Saudita?
    Analista militar: para Turquia era importante comprar especificamente S-400
    S-400 vs Patriot: confira a diferença
    Tags:
    segurança, mísseis, sistema de defesa, s-400, OTAN, Petr Pavel, Turquia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik