10:50 21 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Participantes na greve nas ruas da Catalunha ao apoiar o referendo para independência e secessão da Catalunha da Espanha

    Espanha prende 8 ministros pró-independência da Catalunha (VÍDEO)

    © Sputnik / Elena Shesternina
    Mundo
    URL curta
    Referendo independentista na Catalunha (66)
    436

    Oito dos nove ministros da Catalunha acusados de insubordinação e uso indevido dos fundos públicos foram presos a mando do governo espanhol nesta quinta-feira (2).

    Os ex-ministros detidos haviam sido retirados dos seus cargos após o referendo sobre a independência em 1º de outubro. Todos os oito apoiaram a separação da Catalunha em relação à Espanha. 

    ​Muitos outros altos funcionários foram detidos, incluindo o ex-ministro das Relações Exteriores, Raül Romeva, o ex-ministro da Justiça, Carles Mundó, e o ex-ministro do Interior, Joaquim Forn.

    Os advogados que representam os oito ministros disseram que apelarão contra a decisão, que eles descreveram como "injustificada, desproporcional e predeterminada".

    Além disso, Madrid pediu ao juiz para emitir mandados de prisão para Puigdemont e mais quatro ex-ministros que fugiram do país. O deposto presidente catalão, que agora está em Bruxelas, disse que só retornaria à Espanha se lhe fosse garantido um julgamento justo.

    Tema:
    Referendo independentista na Catalunha (66)

    Mais:

    Quase 2 mil empresas abandonam a Catalunha em meio a crise
    Procurador espanhol solicita ordem de prisão contra ex-líderes da Catalunha
    Portugal não acredita que possam ocorrer fraturas na Europa devido à Catalunha
    Ministro do Exterior ucraniano imagina 'tanques russos' na Catalunha
    Tags:
    independência, separatismo, referendo, Carles Puigdemont, Espanha, Catalunha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik