16:56 23 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Benjamin Netanyahu, premiê de Israel

    Após Estados Unidos, Israel anuncia que também irá deixar UNESCO

    © REUTERS/ Thomas Coex
    Mundo
    URL curta
    3327822316

    Israel anunciou nesta quinta-feira (12) que pretende sair da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

    O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, "deu instruções ao ministro das Relações Internacionais para preparar a saída de Israel da organização, paralelamente aos Estados Unidos", informou, em comunicado, o gabinete do chefe do Governo de Israel.

    O comunicado israelense também afirma que "a Unesco se tornou o teatro do absurdo, onde se deforma a história, em vez de preservá-la".

    Os Estados Unidos também anunciaram que irão deixar a UNESCO no fim de 2017 por conta da "necessidade de reformas fundamentais da organização e do preconceito contra Israel", nas palavras da porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert.

    A UNESCO lamentou a decisão estadunidense em comunicado e relembrou que Washington interrompeu os repasses de recursos ao organismo em 2011, após a UNESCO reconhecer a Palestina como Estado-membro da entidade. 

    Mais:

    Israel se prepara para uma guerra 'de várias frentes' no Oriente Médio, diz ministro
    Israel reage a foguete lançado da Faixa de Gaza e bombardeia posição do Hamas
    Trump diz querer buscar acordo antes de transferir embaixada dos EUA em Israel
    'Querem criar um novo Israel', diz líder do Irã sobre referendo do Curdistão
    Israel usou o Mossad para interferir no referendo no Curdistão, diz Erdogan
    Tags:
    UNESCO, ONU, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik