12:11 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Sistema THAAD no Alasca

    Coreia do Sul irá expandir seu sistema de defesa antimíssil, diz agência

    © Foto: Agência de Defesa contra Mísseis
    Mundo
    URL curta
    Pyongyang testa bomba de hidrogênio (35)
    323

    Após o teste de uma bomba de hidrogênio por Pyongyang, a Coreia do Sul irá implantar mais unidades do sistema de defesa antimíssil THAAD, a despeito de uma controvérsia sobre possíveis impactos ambientais do equipamento militar e dos protestos de Pequim.

    Segundo a agência Reuters, a decisão será anunciada nesta segunda-feira (4) pelo ministro do Meio Ambiente sul-coreano.

    O sistema de Defesa Terminal de Área de Alta Altitude (Terminal High Altitude Area Defense, THAAD, na sigla em inglês) é projetado para interceptar mísseis balísticos de pequeno a médio alcance. 

    A Coreia do Sul já tem duas unidades do equipamento militar instaladas — que foram fornecidas e pagas pelos Estados Unidos —, mas até o momento relutava em permitir a instalação de outras quatro unidades. A justificativa apresentada era a falta de um estudo do impacto ambiental causado pelo THAAD.

    A instalação dos equipamentos militares, contudo, não é vista com bons olhos pela China. Pequim diz que a instalação do sistema THAAD na Coreia do Sul representa uma ameaça à segurança nacional chinesa

    Tema:
    Pyongyang testa bomba de hidrogênio (35)

    Mais:

    Assange: ameaças dos EUA provocaram a militarização da Coreia do Norte
    EUA podem cancelar comércio com países que 'fazem negócios' com a Coreia do Norte
    Putin e Xi Jinping acordam buscar desnuclearização da Península da Coreia
    Theresa May pede novas sanções contra a Coreia do Norte após teste nuclear
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik