19:14 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro do Japão Shinzo Abe

    'Ultrajante' e 'sem precedentes', diz primeiro-ministro japonês sobre míssil norte-coreano

    © REUTERS / Toru Hanai
    Mundo
    URL curta
    Míssil de Pyongyang sobrevoa Japão (29)
    71135
    Nos siga no

    O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, considerou "ultrajante" e "sem precedentes" o lançamento do míssil norte-coreano que sobrevoou o Japão.

    "O ato ultrajante de disparar um míssil sobre nosso país é uma ameaça sem precedentes, séria e grave e prejudica muito a paz e a segurança regionais", disse o político.

    Abe também pediu que as Nações Unidas aumentem a pressão em cima da Coreia do Norte e uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da entidade.

    O disparo sobrevoou a ilha de Hokkaido e caiu no Oceano Pacífico. O projétil teria viajado cerca de 2.700 quilômetros, segundo a Coreia do Sul.

    A última vez que um míssil de Pyongyang sobrevoou o Japão foi em 2009, quando o país de Kim Jong-un afirmou estar lançando um satélite de telecomunicações, mas a comunidade internacional interpretou o ato como o teste de um míssil balístico intercontinental.

    Tema:
    Míssil de Pyongyang sobrevoa Japão (29)

    Mais:

    Seul acredita que Coreia do Norte está pronta para novo teste nuclear
    Especialistas: Coreia do Norte testou mísseis de curto alcance
    Coreia do Norte ameaça 'sepultar a totalidade dos EUA debaixo de água'
    Coreia do Sul prepara estratégia ofensiva em caso de ataque norte-coreano
    Especialista: Não parece, mas a Coreia do Norte deixou a porta aberta para negociar
    Tillerson: EUA continuarão exercendo 'pressão pacífica' sobre a Coreia do Norte
    Coreia do Sul avança com plano para construir submarino nuclear
    'Caçando ianques': Coreia do Norte lança jogo que permite matar soldados dos EUA (FOTO)
    Tags:
    ONU, Shinzo Abe
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar