00:33 21 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    14231
    Nos siga no

    Um avião militar de vigilância russo Tu-145M que embarcou de Moscou teria sobrevooado Washington em sua rota para Nova York. A informação foi divulgada pela mídia norte-americana nesta quarta-feira (9).

    Anteriormente, a polícia de Washington teria ficado em alerta de que "um aviao de baixa altitude autorizado" entraria no espaço aéreo restrito e "poderia voar diretamente sobre o Capitólio", de acordo com informações do Washington Post. 

    Esses voos são legais e autorizados por um acordo de 1992, conhecido como Tratado de Céus Abertos, o que permite que os Estados Unidos e a Rússia conduzam vôos de vigilância no território de cada um.

    Os dois países realizaram esses vôos combinados 165 vezes ao longo dos últimos 15 anos, de acordo com o Departamento de Estado.

    Mais:

    Rússia, Israel e EUA tiveram reuniões secretas sobre Síria, diz mídia
    EUA prometem responder à redução de seu pessoal diplomático na Rússia até fim de agosto
    'Rússia e EUA não são reféns das relações bilaterais ao resolver problemas mundiais'
    Tags:
    Tratado de Céus Abertos, voo, vigilância, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar