18:32 19 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1530
    Nos siga no

    O Departamento de Defesa dos Estados Unidos concluiu que o projétil disparado nesta terça-feira pela Coreia do Norte foi mesmo um míssil balístico intercontinental, e destacou que o país está pronto para se defender e defender seus aliados utilizando todos os meios disponíveis contra Pyongyang.

    "Nós permanecemos preparados para nos defender e defender nossos aliados, e para usar toda a gama de capacidades à disposição contra a crescente ameaça da Coreia do Norte", disse Dana W. White, porta-voz do Pentágono, citada pela Reuters. "Nosso comprometimento com a defesa dos nossos aliados, República da Coreia e Japão, diante dessas ameaças, permanece firme".

    Nesta quarta-feira, 5, o Conselho de Segurança das Nações Unidas realizará uma reunião de emergência, a pedido de Washington, Tóquio e Seul, para tratar desse novo teste com míssil realizado por Pyongyang. A expectativa, conforme comentários do secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, é a de que medidas mais duras sejam impostas ao regime norte-coreano, já afetado por uma série de sanções internacionais.

    Mais:

    ICBM de Pyongyang: quais serão as consequências após mais um teste balístico?
    Tags:
    Washington, EUA, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Seul, Tóquio, Pyongyang, Coreia, Rex Tillerson, Dana White, míssil balístico intercontinental
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar