19:32 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Um soldado israelense vigiando a linha de demarcação que separa o território sírio e israelense

    Dois militares sírios morreram com os ataques da Força Aérea de Israel

    © AFP 2018 / AHMAD GHARABLI
    Mundo
    URL curta
    35110

    A Força Aérea de Israel atacou uma posição síria nas Colinas de Golã neste sábado em resposta aos projéteis que explodiram a partir do país vizinho.

    O ataque da Força Aérea de Israel contra posição síria nas áreas disputadas das Colinas de Golã neste sábado (24) matou dois soldados das tropas sírias. 

    "Dois mortos como resultado do ataque realizado contra posição do Exército sírio na área libertada das Colinas de Golã", informou o canal Al Mayadeen.

    A Força Aérea de Israel atacou dois tanques das forças governamentais sírias como resposta a uma dezena de projéteis perdidos que haviam explodido anteriormente no território das Colinas de Golã. 

    O fogo a partir do território de Estado vizinho foi reconhecido pelos militares como fogo fortuito, mas foi considerado como "uma violação inaceitável da soberania de Israel".

    Mais:

    Exército dos EUA se instala no sul da Síria 'para dividir o país'
    Na fronteira da Síria cresce a tensão com Israel
    Por que Israel não quer acabar com bombardeamentos da Síria?
    Israel ameaça destruir sistemas de defesa aérea síria em caso de ataque
    Tags:
    soldados, projéteis, bombardeio, ataque, Colinas de Golã, Síria, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik