19:12 25 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    Mais de 41 mil imigrantes ilegais foram presos desde que o presidente Donald Trump assinou ordens executivas para reprimir a imigração ilegal no país. A informação foi divulgada pelo Departamento de Imigração e Alfândega dos EUA.

    "Entre 22 de janeiro e 29 de abril de 2017, os oficiais de deportação do Departamento de Imigração e Alfândega dos EUA prenderam administrativamente 41.318 pessoas", informou o órgão em um comunicado nesta quarta-feira (17). 

    O número de prisões de imigrantes neste ano chegou a um número 37,6% mais alto do que no mesmo período de 2016. 

    Cerca de 75% das pessoas detidas este ano foram condenadas por crimes que vão desde assaltos e abuso de drogas a homicídios.

    "Os agentes e oficiais do Departamento de Imigração e Alfândega dos EUA receberam instruções claras para se concentrarem nas ameaças à segurança pública e à segurança nacional, o que resultou em um aumento substancial na prisão de estrangeiros criminosos", disse o chefe interino da agência norte-americana, Thomas Homan.

    No final de janeiro, Trump expandiu o grupo de imigrantes ilegais que é considerado como "prioritário" para a deportação.

    Durante a administração de Obama, apenas os imigrantes que estavam envolvidos em gangues ou tinham sido condenados por um crime ou vários delitos foram considerados prioridades para deportação.

     

    Mais:

    México abre centros de defensoria para imigrantes mexicanos em todo os EUA
    Apagão de serviços: Imigrantes prometem 'paralisação geral' amanhã nos EUA
    EUA deportaram mais de 680 imigrantes que 'ameaçavam segurança pública' na semana passada
    Centenas de imigrantes ilegais são detidos em todo os EUA
    Tags:
    ordem executiva, decretos, prisão, alfândega, imigração, ICE, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar