11:19 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Coletiva de imprensa entre Donald Trump e Recep Tayyip Erdogan em 16 de maio, 2017

    Trump manifesta apoio à Turquia na luta contra Daesh e PKK

    © REUTERS/ Kevin Lamarque
    Mundo
    URL curta
    826

    O presidente dos EUA, Donald Trump, recentemente decidiu fornecer armamento às forças curdas na luta contra o Daesh (Estado Islâmico) na Síria, o que provocou um estremecimento nas relações com a Turquia.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, participou de uma coletiva de imprensa com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, nesta terça-feira (16) em Washington. 

    O líder norte-americano manifestou apoio à Turquia na luta contra o grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) e o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK). 

    "Hoje nós enfrentamos um novo inimigo e devemos lutar contra ele em conjunto. Nós lidamos com muitos ataques terroristas nos últimos tempos, estamos juntos e oferecemos nosso apoio ao povo turco", declarou Trump durante a coletiva de imprensa conjunta. 

    "Nós apoiamos a Turquia, que se encontra na linha de frente da luta contra o terrorismo, lidando com grupos terroristas como o Daesh e o PKK", acrescentou Trump.    

    Começou nesta terça-feira (16) a visita oficial do presidente turco Recep Tayyip Erdogan aos Estados Unidos, que acontece em meio a uma tensão entre EUA e Turquia por conta da recente decisão de Donald Trump de fornecer armamento às forças curdas na luta contra o Daesh.   

    A posição oficial da Turquia é de que as formações curdas na Síria estão ligadas ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão, proibido na Turquia e considerado tanto por Washington quanto por Ancara como uma organização terrorista. 

    Mais:

    Turquia avisou EUA da operação militar na Síria e no Iraque, só que em cima da hora
    Turquia adverte EUA contra participação de curdos em operação na Síria
    Tayyip Erdogan: Turquia apoiará possível operação dos EUA na Síria
    Tags:
    Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), PPK, Estado Islâmico, Daesh, Donald Trump, Recep Tayyip Erdogan, Curdistão, Síria, Turquia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik