20:59 24 Fevereiro 2017
Ouvir Rádio
    Desfile da Marinha russa durante as celebrações do Dia da Marinha em Sevastopol, Crimeia

    EUA nunca aceitarão a 'anexação' da Crimeia pela Rússia, diz a Ucrânia

    © REUTERS/ Pavel Rebrov
    Mundo
    URL curta
    302009013

    O embaixador da Ucrânia nas Nações Unidas afirmou nesta quarta-feira (1) que a embaixadora dos EUA, Nikki Haley, lhe deu garantias de que a administração Trump apoiará plenamente a integridade territorial e a independência de seu país e “nunca aceitará a anexação” da Crimeia pela Rússia.

    O enviado ucraniano, Volodymyr Yelchenko, também disse que ele e Haley tiveram uma reunião "muito boa" recentemente e que, na ocasião, a representante norte-americana disse que os EUA estão "completamente contra a maneira com que a Rússia está lidando com a parte oriental da Ucrânia".

    Yelchenko disse ainda que ficou "absolutamente satisfeito com a reação e as respostas" de Haley.

    A Crimeia foi reintegrada ao território russo em março de 2014, após um referendo democrático e transparente no qual mais de 96% da população local votou a favor da separação da Ucrânia, que havia acabado de passar por um golpe de Estado em Kiev. 

    Yelchenko é o atual presidente do Conselho de Segurança e disse que os membros serão informados nesta quinta-feira (2) sobre a recente escalada da violência no leste da Ucrânia.

    Mais:

    Kremlin responde à proposta de trocar Donbass pela Crimeia
    Deputada ucraniana propõe 'ceder' Crimeia para Rússia em troca de Donbass
    Regimento de S-400 entra em serviço de prontidão na Crimeia
    Tags:
    reintegração, anexação, referendo, independência, ONU, Volodymyr Yelchenko, Nikki Haley, EUA, Rússia, Ucrânia, Crimeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Todos os comentários

    • avatar
      smbsalgado
      Se os USraHell ". . . “nunca aceitará a anexação” da Crimeia pela Rússia. . . . "" , pois então invadam a RÚSSIA e a tomam de volta. Simples como um burro cagando.
    Mostrar comentários novos (0)