14:14 08 Março 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    705
    Nos siga no

    A ex-secretária de Estado norte-americana, Madeleine Albright, afirma estar pronta a “se registrar” como muçulmana, após o anúncio de que Donald Trump teria planos de registrar todos os muçulmanos do país.

    Na quarta-feira (25), Trump assinou vários decretos em relação ao início da construção de um muro na fronteira com o México, bem como sobre outras medidas de combate à imigração ilegal e à criminalidade por parte de estrangeiros.

    Também apareceram informações de que o presidente estaria disposto a limitar o fluxo de refugiados e imigrantes dos países muçulmanos. Durante sua campanha eleitoral, Donald Trump disse estar disposto a registrar todos os muçulmanos no âmbito da luta contra o terrorismo.

    "Dai-me os seus fatigados, os seus pobres,
    As suas massas encurraladas ansiosas por respirar liberdade
    O miserável refugo das suas costas apinhadas.
    Mandai-me os sem-abrigo, os arremessados pelas tempestades,
    Pois eu ergo o meu farol junto ao portal dourado."

    (Trecho do ‘Novo Colosso', soneto escrito por Emma Lazarus em 1883, gravado em uma placa bronze no pedestal da Estátua da Liberdade")

    "Não há letras miudinhas na Estátua da Liberdade. A América deve permanecer aberta às pessoas de todas as religiões & origens", escreveu Madeleine Albright no seu Twitter. Vale ressaltar que por muito tempo foi ao lado da Estátua da Liberdade, símbolo globalmente conhecido dos EUA, que se situava o posto central de entrada dos migrantes nos EUA.

    ​"Eu fui criada como católica, virei episcopal e descobri depois que minha família era judaica. Estou disposta a me inscrever como muçulmana em #solidariedade", adiantou a ex-secretária de Estado de 70 anos.

    Madeleine Albright chefiou o Departamento de Estado norte-americano entre os anos 1997 e 2001, no mandato do presidente democrata Bill Clinton. Ela foi a primeira mulher no país a exercer este cargo.

    Mais:

    Qual será o plano de Trump para refugiar civis da Síria?
    Contra Trump, grupos pró-imigração organizam protestos e vigília em frente a Casa Branca
    Discurso de posse do Trump foi aprovado por quase metade dos norte-americanos
    Tags:
    solidariedade, muçulmanos, refugiados, Estátua da Liberdade, Departamento de Estado dos EUA, Donald Trump, Madeleine Albright, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar