01:11 19 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2120
    Nos siga no

    O tráfico de drogas representa a parte leonina das receitas das organizações terroristas, afirmou o chefe do Ministério das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, discursando no Fórum Internacional Antidrogas nos arredores de Moscou.

    "As drogas se tornaram em um problema global. As drogas são uma ameaça real para o nosso país, elas causam prejuízos enormes para a economia nacional e para a saúde dos nossos cidadãos. Mas, acima de tudo, as drogas têm uma ligação direta com aqueles desafios à segurança internacional que continuam existindo em relação ao nosso Estado", frisou o chanceler russo.

    Ele assinalou que "é precisamente o tráfico de drogas e a indústria de drogas que financiam a parte leonina das receitas dos grupos terroristas e outras estruturas do crime organizado".

    "Em redor de nós, o Afeganistão está permanentemente aumentando sua produção de drogas, estou falando dos territórios controlados pelo Talibã e por outros agrupamentos de oposição. O Daesh, em grande medida, existe graças ao contrabando de petróleo, bem como graças à produção de drogas", adiantou Lavrov.

    Segundo o ministro, "existe uma tendência para divulgar ideias de liberalização das drogas que preveem, em particular, a legalização das drogas leves".

    "O mais triste é que isto se faz sob pretexto de reforçar a estabilidade financeira. Não se pode concordar com isso. As cobranças à custa dos vícios e sofrimentos nunca poderão garantir o bem-estar nem das pessoas, nem do Estado", resumiu o ministro.

    Mais:

    Lavrov: Rússia não pretende antecipar os acontecimentos
    Lavrov: Administração cessante dos EUA usa 'padrões triplos' em relação à Rússia
    Chanceler russo: Rússia não deixará sem resposta as sanções dos EUA
    Tags:
    terrorismo, tráfico de drogas, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Daesh, Sergei Lavrov, Afeganistão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar