00:52 20 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, participa em Caracas da cerimônia em homenagem a Fidel Castro, líder da Revolução cubana falecido em 25 de novembro de 2016

    Parlamento da Venezuela declara 'abandono do cargo' de Nicolas Maduro e pede eleições

    © AFP 2017/ JUAN BARRETO
    Mundo
    URL curta
    12545921329

    Oposição da Venezuela passou uma moção contra o presidente Nicolas Maduro nesta segunda-feira (9) na tentativa de forçar as eleições antecipadas no país, que sofre com uma crise de escassez de alimentos.

    A Assembleia Nacional da Venezuela aprovou nesta segunda-feira (9) declarar o "abandono do cargo" por parte do presidente Nicolas Maduro, argumentando que o chefe de Estado se afastou do cumprimento dos seus deveres constitucionais.

    ​O chefe da Assembléia Nacional do país, Julio Borges, declarou que a declaração foi aprovada pelo fato de que o presidente socialista efetivamente "abandonou seu cargo" e que não conseguiu conter a crise, mas observou que o Supremo Tribunal deve anular a moção.

    "Aprovado o acordo com o qual se qualifica o abandono de cargo por Nicolas Maduro Moros e, o mais importante, se exige uma saída eleitoral para a crise venezuelana para que o povo se expresse através do voto", disse Borges. 

    O Supremo Tribunal de Justiça venezuelano fez um apelo para que a Assembleia Nacional "abstenha-se de ditar qualquer tipo de ato que seja fora de suas funções".  

    De acordo com o jornal El Nacional, 106 deputados votaram a favor desta decisão. Deputados pró-governo deixaram a sessão antes do início do processo de votação.

    Tags:
    eleições, cargo, abandono, crise, oposição, Assembleia Nacional, Nicolas Maduro, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik