10:02 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Cars burn in the street at the site of an explosion in front of the courthouse in Izmir on January 5, 2017

    Explosão atinge cidade turca de Izmir

    © AFP 2018 / DHA / DOGAN NEWS AGENCY
    Mundo
    URL curta
    734

    Ainda não há dados sobre vítimas mortais ou feridos.

    O canal de televisão CNN Turk informa que a explosão foi originada por um carro-bomba.

    ​Testemunhas oculares contam que o atentado teve lugar perto do edifício do tribunal.

    ​O presidente da associação de advogados de Izmir, Aydın Ozcan, declarou que a saída, perto da qual ocorreu a explosão, não só era usada por juízes, procuradores e advogados, mas também por visitantes.

    ​Testemunhas também afirmaram terem ouvido tiroteio no local do incidente.

    Segundo os primeiros dados não oficiais, pelo menos três pessoas ficaram feridas em resultado da explosão.

    ​No local do acidente foi descoberto o corpo da suposta mulher-suicida.

    A agência DHA divulgou que terroristas começaram uma troca de tiros com policiais no local da explosão.

    ​O Supremo Conselho de Rádio e Televisão da Turquia (RTUK) introduziu uma proibição temporária da cobertura deste atentado.

    ​Nenhuma declaração oficial sobre a explosão foi feita até o momento.

    Uma fonte da faculdade de medicina da Universidade de Izmir informou sobre seis feridos que foram transportados do local.

    A Anadolu informa sobre a eliminação de dois terroristas, um ainda está sendo procurado.

    O chefe do município Bayrakli de Izmir Hasan Karabag divulgou que após a explosão ocorreu uma troca de tiros e à localidade foram enviadas tropas de destacamentos especiais. Segundo ele, ficaram feridas 10 pessoas, pelo menos uma está em estado crítico.

    O governador de Izmir Erol Ayyildiz confirmou que morreu um policial e um funcionário do tribunal e anunciou haver sete vítimas, quatro civis e três policiais.

    Ayyildiz declarou que os atacantes falharam seus objetivos, visto que não conseguiram entrar no território do tribunal.

    Ainda de acordo com o governador, foi descoberto outro carro suspeito, que acabou destruído por via de uma explosão controlada por sapadores do Ministério do Interior.

    Câmeras CCTV conseguiram gravar o momento da explosão:

    Uma das testemunhas oculares contou à agência DHA que o carro com terroristas atropelou um policial quando se dirigia ao edifício do tribunal, após se aproximar da portaria o condutor saiu do carro e ao fugir detonou a bomba.

    A agência Anadolu informa que em resultado do ataque morreu um policial e um funcionário do tribunal.

    Tags:
    atentados suicidas, carro-bomba, explosão, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik