18:27 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2212
    Nos siga no

    O ministro da Defesa da Geórgia, Levan Izoria, declarou que as autoridades do país pretendem implementar reformas para tornar a Geórgia mais compatível com a OTAN.

    Segundo ele, as reformas militares estão planejadas para serem implementadas em 2017. 

    "Nós temos metas ambiciosas, que começaremos a cumprir ainda este ano. Nós desejamos que seja investido o quanto for possível no desenvolvimento de infraestrutura militar e de treinamento. Estas reformas, que estão em andamento e serão implementadas no Ministério da Defesa, têm como objetivo criar uma maior compatibilidade com a OTAN com o apoio de um parceiro estratégico [EUA]", disse Izoria. 

    Ele acrescentou que o desenvolvimento do Centro Comum de Formação e Avaliação próximo de Tbilisi será uma das principais prioridades. 

    A Geórgia vem buscando se tornar parte da OTAN desde que a cooperação iniciou oficialmente em 1994, quando o país se tornou membro do Programa de Parceria pela Paz. Em abril de 2008, durante a cúpula de Bucareste, os chefes de Estado e governo da Aliança concordaram em tornar a Geórgia parte da OTAN no futuro. 

    Mais:

    Ministério das Relações Exteriores russo está preocupado com manobras OTAN-Geórgia
    Chefe da OTAN promete ajudar Geórgia rumo à aliança militar
    Secretário-geral da OTAN: Geórgia tem tudo para se tornar membro da Aliança
    Chances da Geórgia se tornar membro da OTAN aumentam
    Tags:
    defesa, militar, reforma, aliança, cooperação, OTAN, Tbilisi, EUA, Geórgia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar