17:30 13 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Manifestação de apoio da presença do grupo aéreo russo na cidade síria de Tartus

    Japão quer Rússia exercendo protagonismo na resolução da crise síria

    © Sputnik / Dmitry Vinogradov
    Mundo
    URL curta
    0 161
    Nos siga no

    Tóquio quer que Moscou continue a desempenhar um papel construtivo na resolução da crise na Síria.

    O vice-secretário de imprensa do Ministério das Relações Exteriores japonês, Masato Otaka, declarou que o Japão reconhece a importância do papel da Rússia na resolução da crise síria.

    No começo deste sábado (3), os ministros das Relações Exteriores da Rússia e do Japão, Sergei Lavrov e Fumio Kishida, respectivamente, se reuniram em Moscou e discutiram assuntos da política internacional, em particular a resolução da crisse síria.

    "Estamos muito preocupados com a situação humanitária nesta região, acho que todos sabemos que há uma necessidade de uma solução política para a normalização da situação na Síria… Gostaríamos que a Rússia continuasse a desempenhar o papel construtivo a este respeito ", disse Otaka a repórteres. 

    O ministro observou que o lado japonês reconhece a importância do papel da Rússia na resolução da crise síria.

    A Síria está desde 2011 em uma guerra civil em que as forças do governo combatem grupos da oposição e organizações terroristas como Daesh (Estado Islâmico) e a Frente al-Nusra, ambas proibidas na Rússia. 

    A coalizão internacional liderada pelos EUA realiza ataques aéreos contra posições terroristas na Síria, apesar de não ter a aprovação do Conselho de Segurança da ONU ou o consentimento do governo de Damasco. A Rússia, por sua vez, iniciou sua campanha de ataques aéreos na Síria em setembro de 2015 após o pedido do presidente sírio, Bashar Assad. 


    Mais:

    Militantes em Aleppo oriental abatem avião da Força Aérea síria
    Jornal Politico revela por que Assad está vencendo na Síria
    Kerry e Lavrov discutiram em Roma o cessar-fogo na Síria, a Líbia e o Iêmen
    Tags:
    guerra civil, coalizão, conflito, crise, resolução, Sergei Lavrov, EUA, Síria, Japão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar