05:15 28 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1120
    Nos siga no

    O ex-embaixador dos EUA na Rússia, Michael McFaul, classificou a organização WikiLeaks como um 'agente internacional apoiado pela Rússia'.

    "As pessoas poderiam deixar de tratar a WikiLeaks como uma organização de notícias. Trata-se de um agente internacional, apoiado pela Rússia, publicando informações roubadas", escreveu McFaul em seu Twitter.  

    ​O site WikiLeaks também replicou as postagens do diplomata, afirmando que "WikiLeaks é uma premiada organização de notícias independente, totalmente patrocinada por seus leitores, vendas de livros e filmes". 

    Anteriormente, a candidata à presidência dos EUA pelo Partido Republicano, Hillary Clinton, culpou a Rússia por tentar influenciar o resultado das eleições norte-americanas através de ataques cibernéticos. O presidente russo, Vladimir Putin, ao comentar as acusações, disse que os dados publicados não são do interesse da Rússia, e que a histeria busca desviar a atenção de seu conteúdo.

    Mais:

    WikiLeaks desmente que Assange tenha publicado documentos sobre eleições nos EUA
    WikiLeaks: 'Nos Estados Unidos não há eleições'
    WikiLeaks: Clinton e Trump mencionam Putin mais do que Daesh durante debates
    WikiLeaks pede fim da onda de ataques hacker nos EUA
    Tags:
    Rússia, EUA, Hillary Clinton, Michael McFaul, WikiLeaks, eleições, hackers
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar