10:52 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Suposto hacker é acusado de realizar ciberataques nos Estados Unidos

    Casa Branca comemora prisão de hacker russo na República Tcheca

    © Foto / Pixabay
    Mundo
    URL curta
    11121
    Nos siga no

    A prisão em Praga de um cidadão russo que teria participado de ciberataques contra os Estados Unidos reflete um dos esforços que o Departamento de Justiça dos EUA está fazendo para proteger os interesses americanos no ciberespaço, afirmou hoje o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, em coletiva de imprensa.

    Na última terça-feira, a polícia tcheca anunciou a detenção de um suposto hacker russo em operação conjunta com o FBI. Segundo as autoridades de EUA e República Tcheca, o suspeito estaria envolvido em crimes cibernéticos nos Estados Unidos. 

    "Podemos citar isso como um exemplo de muitos onde o Departamento de Justiça assume seriamente a responsabilidade que tem de proteger os Estados Unidos e seus interesses no ciberespaço", declarou Earnest, acrescentando que não poderia dar mais detalhes sobre o caso para não atrapalhar as investigações. 

    Pouco depois de ser detido em um hotel da capital tcheca, o suposto criminoso desmaiou e precisou ser hospitalizado. Uma corte municipal de Praga emitiu uma ordem para sua prisão. A justiça da República Tcheca ainda não informou se o hacker será ou não extraditado para os Estados Unidos. 

    Mais:

    Washington acusa governo russo de ordenar ataques hacker aos EUA
    Russo descobre que seus servidores foram usados em ataques hacker contra EUA
    FBI: ataques hacker contra Hillary Clinton vieram da Rússia e da Ucrânia
    Tags:
    hacker, Casa Branca, FBI, Praga, República Tcheca, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar