06:00 19 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    18013
    Nos siga no

    Terroristas executaram 10 pessoas que tentam deixar a cidade síria de Aleppo, informou chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, general Sergei Rudskoy nesta segunda-feira.

    "Em 15 de outubro, nos distritos Malandi e Bustan Al Qasr, controlados por terroristas, 30 civis tentaram sair da cidade, 10 deles foram executados", disse o militar.

    Ele relatou que a parte oriental da cidade é controlada pelo grupo terrorista Frente al-Nusra e que as forças da oposição moderada "atuam sob comando" dos radicais islâmicos.

    "Todos que tentam desobedecer suas ordens são executados sem piedade", explicou o general.

    Rudskoy salientou que a situação em Aleppo permanece extremamente complicada e que os extremistas da Frente al-Nusra intensificaram ataques contra áreas residenciais no oeste da cidade.

    A escalada das hostilidades no leste de Aleppo, onde cerca de 275 mil civis continuam sitiados, provocou semanas centenas de mortes e feridos nas últimas semanas, de acordo com dados da ONU.

    Mais:

    Rússia anuncia 'pausa humanitária' de oito horas em Aleppo
    Vídeo impressionante: Rebeldes bombardeiam centro de Aleppo
    Por que o futuro do conflito sírio depende da situação em Aleppo?
    Mídia ocidental silencia assassinato de crianças em Aleppo pela Frente al-Nusra
    Tags:
    abusos contra civis, terrorismo, Frente al-Nusra, Sergei Rudskoy, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar