21:31 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Casa Branca, residência oficial do Presidente dos Estados Unidos

    EUA fazem 'revisão imediata' de apoio à coalização saudita após ataque no Iêmen

    © Sputnik / Natalya Silverstova
    Mundo
    URL curta
    1227
    Nos siga no

    Os EUA vão rever o apoio à coalização saudita após o ataque em um funeral no Iêmen neste sábado (8), em que morreram 82 pessoas. A informação é do porta-voz do Conselho da Segurança Nacional dos EUA, Ned Price.

    "A cooperação de segurança entre os EUA e a Arábia Saudita não é um 'cheque em branco'", disse ele. 

    "À luz deste e de outros recentes incidentes, nós iniciamos uma revisão imediata do nosso já significativamente reduzido apoio à coalizão liderada pela Arábia Saudita", destacou Price.

    Ele observou que a reavaliação tem como objetivo alinhar o apoio à coalizão aos princípios, valores e interesses dos EUA.  

    Os Estados Unidos pedem que coalizão liderada pela Arábia Saudita, rebeldes houthis e o governo do Iêmen implementem imediatamente um regime de cessar-fogo.

    No começo deste sábado um ataque aéreo atingiu o funeral do pai do ministro do Interior do Iêmen, Jalal al-Roweishan. De acordo com as autoridades iemenitas, pelo menos 82 pessoas morreram e outras 534 ficaram feridas no bombardeio. A Riad negou a participação da coalizão no ataque realizado em Sanaa.

    Além disso, foi relatado que, logo em seguida, a coalizão liderada pela Arábia Saudita lançou outros cinco ataques aéreos contra a capital do Iêmen, Sanaa.

     

    Mais:

    Fonte informa que coalizão saudita realizou cinco ataques aéreos contra o Iêmen
    Iêmen: bombardeio saudita em funeral deixou 82 mortos e mais de 500 feridos
    Ataque saudita em velório de pai de ministro deixa mortos e feridos no Iêmen
    EUA afirmam ter matado e ferido militantes da Al-Qaeda no Iêmen
    Tags:
    apoio, ataque, coalizão saudita, Sanaa, Iêmen, EUA, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar