23:21 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Donald Trump, candidato republicano à presidência dos Estados Unidos

    Empresa de Trump violou embargo comercial dos EUA contra Cuba

    © REUTERS/ Rhona Wise
    Mundo
    URL curta
    101

    Uma das empresas do candidato norte-americano pelo Partido Republicano, Donald Trump, teria violado o embargo comercial dos Estados Unidos contra Cuba. É o que afirma a publicação do jornal Newsweek.

    A reportagem mostra que a corporação 'Trump Hotels & Casino Resorts' gastou cerca de 68 mil dólares em Cuba em 1998, período em que despesas deste tipo em Cuba por norte-americanos não eram permitidas sem a permissão do governo dos EUA, com a exceção dos gastos com caridade e organizações patrocinadoras. 

    A empresa teria disfarçado as suas reais intenções e declarado os gastos como "relacionados com atividades de caridade", usando os serviços da empresa de consultoria 'Seven Arrows'. 

    Assim, a Trump Hotels & Casino Resorts, ao não ter licença para ter um escritório de controle de ativos estrangeiros, violou a lei federal dos EUA. 

    Durante um de seus discursos na campanha presidencial, Trump afirmou que apoia o embargo contra Cuba e que suas empresas jamais contrariam tal medida.

    Mais:

    Trump perde 800 milhões de dólares
    Trump arrecada US$ 13 milhões em 24 horas
    Debate entre Trump e Clinton bate recorde de audiência
    Obama diz o que pensa sobre Trump após vitória de Hillary no debate
    #TrumpSniffles: 'fungadas' de Trump no debate viralizam na web
    Tags:
    empresa, embargo, Partido Republicano, Donald Trump, Cuba, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik