18:00 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, no Conselho de Segurança da ONU durante 71ª Assembleia Geral

    Lavrov: Ataque da coalizão contra Exército sírio foi 'flagrante' violação do cessar-fogo

    © REUTERS / Lucas Jackson
    Mundo
    URL curta
    Ataque americano contra exército sírio (26)
    12101

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, declarou nesta quarta-feira (21) que os ataques da coalizão contra o Exército sírio em 16 de setembro foram uma flagrante violação do regime de cessar-fogo.

    "Inclusive logo após estes ataques militantes do Daesh (Estado Islâmico) realizaram ataques contra as forças do governo", afirmou Lavrov, ao discursar na ONU.

    As forças da coalizão internacional liderada pelos EUA realizaram um ataque aéreo contra posições do Exército sírio na região de Deir ez-Zor, causando a morte de 62 militares e cerca de 100 feridos. 

    Os Estados Unidos confirmaram os ataques e manifestaram "pesar" pela morte dos militares sírios. O Pentágono informou que os ataques contra posições sírias foram aplicadas erroneamente, sendo o seu objetivo inicial atingir posições terroristas.

    Tema:
    Ataque americano contra exército sírio (26)

    Mais:

    Moscou: acusações contra Rússia tentam encobrir 'erro' da coalizão liderada pelos EUA
    Militantes do Daesh escavam fosso em Mossul para resistir a assalto de coalizão
    Assad: Ataques da coalizão dos EUA contra exército sírio é agressão que serve ao Daesh
    Mídia revela: coalizão dos EUA atacou exército sírio durante missão não planejada
    Tags:
    coalizão internacional, cessar-fogo, ataque, Assembleia Geral da ONU, ONU, Sergei Lavrov, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik