04:02 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Casa Branca

    EUA consideram a Rússia responsável pelo ataque aéreo ao comboio humanitário da ONU

    © flickr.com / John Connell
    Mundo
    URL curta
    70228

    O ataque ao comboio humanitário da ONU na Síria só poderia ter sido realizado pelas autoridades sírias ou pela Rússia. “Em todo caso”, a responsabilidade pelo ataque aéreo nesta região é da Rússia, disse em Nova York o vice-conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Ben Rhodes.

    “Todas as nossas informações demonstram que isso foi um ataque aéreo. Isso significa que somente dois sujeitos poderiam ser responsáveis — ou o regime sírio, ou o governo da Rússia. Em todo caso, consideramos o governo russo responsável pelo ataque aéreo nesta área, considerando o seu compromisso com cessar-fogo”, disse Rhodes.

    O suposto ataque em questão ocorreu na última segunda-feira, 19. Pelo menos 18 dos 31 caminhões que levavam assistência para famílias da localidade de Urm al-Kubra, em Aleppo, foram atingidos, segundo a ONU, por um ataque aéreo, o que provocou a morte de várias pessoas.

    De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, nenhum avião russo ou sírio realizou bombardeios sobre o comboio, o qual poderia, inclusive ter sido alvo de outro tipo de ataque, como um incêndio.  

    Mais:

    Rússia divulga vídeo de comboio humanitário atacado na Síria
    Ministério da Defesa da Rússia: nem aviões russos, nem sírios atacaram comboio humanitário
    FICR esclarece número de vítimas no comboio humanitário atacado em Aleppo
    EUA revisarão cooperação com a Rússia na Síria após bombardeio de comboio humanitário
    Tags:
    ajuda humanitária, Crescente Vermelho, ONU, Casa Branca, Ben Rhodes, Síria, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik