21:19 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1241
    Nos siga no

    O governo do Afeganistão pediu à Rússia ajuda militar para combater os grupos terroristas Daesh e Talibã. Kabul solicitou envio gratuito para o país de helicópteros de combate russos Mi-35, informou o jornal Izvestia, citando fontes no governo afegão.

    Nesta segunda-feira, o jornal Wall Street Journal informou que o Daesh e o Talibã unificaram esforços contra Cabul. 

    "Considerando os últimos acontecimento, Kabul planeja pedir a Moscou, de forma não remunerada, certos tipos de armamentos", escreveu o jornal Izvestia.

    Segundo a opinião do interlocutor do jornal, se Daesh e Talibã realmente se uniram para combater as forças do governo e dos EUA, isso representaria uma séria ameaça a Kabul e à segurança de toda a região da Ásia Central.

    "Moscou está extremamente interessada na estabilidade dessa região. Por isso, nesse caso específico, Cabul está com toda razão por pedir ajuda aos amigos. Não se trata de uma operação militar. O menor que a Rússia pode fazer é oferecer ajuda militar", disse a fonte do jornal.

    A situação no Afeganistão piorou de modo considerável nos últimos meses. O movimento radical Talibã, que já dominou grandes territórios nas áreas rurais do país, iniciou uma ofensiva contra as maiores cidades afegãs. Além disso, a influência do Daesh no país também está crescendo.

    Mais:

    Helicóptero paquistanês cai no Afeganistão; autoridades temem captura pelo Talibã
    Сoalizão dos EUA é inútil no combate contra Talibã no Afeganistão
    Alto comandante do Daesh morto no Afeganistão
    'OTAN agrava situação ao não cooperar com a Rússia no Afeganistão'
    Quem quer Rússia de volta ao Afeganistão?
    Tags:
    Rússia, Afeganistão, Talibã, Daesh, Mi-35, terrorismo, ajuda militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar