08:04 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    A polícia observa a área em torno da delegacia, no sul da cidade belga de Charleroi, depois do ataque de 6 de agosto de 2016

    Ataque com faca na Bélgica considerado como atentado terrorista

    © AP Photo/ VIRGINIE LEFOUR / BELGA
    Mundo
    URL curta
    122101

    O ataque contra dois policiais na Bélgica foi considerado um ato de terrorismo pela Procuradoria Federal do país, disse o primeiro-ministro belga Charles Michel no domingo (7).

    "A Procuradoria Federal nos disse que a investigação da tentativa de assassinato começou a tomar em conta as declarações do agressor no momento do ataque", disse premiê a jornalistas.

    No sábado, um homem gritando "Allahu Akbar" feriu dois policiais com um faca perto de uma delegacia de polícia. A mídia local informou que um dos policiais sofreu ferimentos graves e foi hospitalizado, enquanto o outro foi ligeiramente ferido. A polícia disse que a vida dos policiais não corria perigo.

    Conforme a Procuradoria, o assaltante foi identificado como um homem de 33 anos, cidadão da Argélia, que morava na Bélgica desde 2012. Ele é conhecido da polícia em conexão com vários crimes não ligados ao terrorismo.

    O Ministério público informou também que o homem, no momento do ataque, estava na posse de uma mochila, examinada pelos especialistas, que não "continha armas, nem explosivos".

    O Daesh (grupo terrorista, proibido na Rússia) já reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

    O agressor foi baleado por um terceiro policial e morreu mais tarde no hospital.

    Mais:

    Terrorista evita prisão de 15 anos por burocracia na Bélgica
    Bélgica pagou 50 mil euros a terroristas de Bruxelas e Paris
    Bélgica: criada nova tecnologia para detectar terroristas
    Tags:
    ataque terrorista, Daesh, Bélgica, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik