06:01 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira da Venezuela

    Venezuela inicia referendo revogatório de Nicolás Maduro

    © AP Photo/ Rodrigo Abd
    Mundo
    URL curta
    362143

    O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela declarou a validade da recolha de assinaturas, correspondentes a um por cento do padrão eleitoral para convocar um referendo de revogação do mandato do presidente Nicolás Maduro.

    "Os 24 estados cumpriram a exigência de um por cento da manifestação de vontade" para solicitar o referendo, disse numa coletiva da imprensa o presidente do CNE, Tibisay Lucena.

    De acordo com dados divulgados por Lucena, foram apresentadas mais de 1,9 milhão de assinaturas, mais de 1,6 milhões cumpriram com todos os critérios da primeira fase. 

    ​Segundo ela, as assinaturas foram verificadas pela CNE, considerado os dados biométricos de cada eleitor inscrito no registo.

    "Foram recebidos 407.622 registos, 399.412 dos quais (98,04 por cento) coincidiram com os registos da base de dados, 1.326 (0,33 por cento), não coincidiram com a base de dados", o que significa que "a identificação biométrica não coincide com a pessoa que assinou o documento", disse Lucena.

    Os promotores do referendo, a oposição Mesa da Unidade Democrática (MUD), precisavam pouco menos de 200.000 assinaturas para entrar na próxima fase, que deve reunir a vontade de 20 por cento dos eleitores para iniciar o referendo.

    Mais:

    Brasil, Argentina e Paraguai ainda tentam impedir Venezuela na presidência do Mercosul
    Rosneft e PDVSA assinam acordo de cooperação estratégica na Venezuela
    E-mails vazados de Hillary Clinton mostram esforços ininterruptos para sabotar a Venezuela
    Tags:
    assinaturas, fases, referendo revogatório, MUD, Nicolás Maduro, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik