19:25 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente turco Reccep Tayyip Erdogan

    Erdogan assume controle do Exército da Turquia

    © REUTERS/ Murat Cetinmuhurdar/Presidential Palace
    Mundo
    URL curta
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)
    1159

    O presidente e o primeiro-ministro turcos anunciaram no domingo (31) reformas no seio das forças armadas para habilitar o governo a dar ordens diretas aos militares, informa a Associated Press.

    Assim, os ramos do Exército, Marinha e Força Aérea foram retirados do controle do Estado-Maior. Eles receberão ordens diretamente do presidente e do primeiro-ministro da Turquia sem aprovação pelo parlamento turco, levando os militares a obedecer a essas ordens imediatamente.

    Este é o terceiro decreto publicado na Turquia desde que foi declarado o estado de emergência de três meses após a tentativa de golpe militar de 15 de julho.

    A tentativa de golpe na Turquia, no dia 15 de julho, tirou a vida a 246 pessoas e deixou mais de 2.185 feridos. Desde então, o presidente do país Recep Tayyip Erdogan e seu governo ordenaram a detenção de cerca de 11.000 pessoas e a demissão de aproximadamente 60.000. A tentativa de golpe levou à introdução do estado de emergência, suspenção da Convenção Europeia dos Direitos Humanos e encerramento de instituições de ensino privadas.

    Tema:
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)

    Mais:

    'Terroristas não têm nenhuma chance contra Assad' – Turquia apoia Rússia na Síria
    Turquia: Ataque a posto de controle perto da fronteira iraquiana mata 5 soldados e fere 8
    Polícia turca bloqueia base aérea de Incirlik da OTAN
    Tags:
    Exército, Recep Tayyip Erdogan, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik