16:36 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados sauditas na fronteira entre a Arábia Saudita e o Iêmen

    Sete soldados sauditas morrem em confrontos na fronteira do Iêmen

    © AFP 2019 / AYEZ NURELDINE
    Mundo
    URL curta
    4120
    Nos siga no

    Um oficial do exército saudita e seis soldados foram mortos neste sábado (30) em confrontos com rebeldes iemenitas que supostamente tentaram se infiltrar nas fronteiras do reino, segundo disse a coalizão militar liderada por Riad contra os houthis no país vizinho.

    De acordo com um comunicado divulgado pela agência de notícias estatal SPA, os rebeldes xiitas, apoiados por tropas renegadas leais ao ex-presidente Ali Abdullah Saleh, tentaram se infiltrar nas fronteiras sauditas pela região sul de Najran.

    Desde 2014, o Iêmen tem sido o cenário de um violento conflito entre forças do governo liderado pelo presidente sunita Abd Rabbuh Mansur Hadi e os rebeldes xiitas houthis, apoiados por unidades militares leais ao ex-presidente Saleh, zaidita (xiita).

    No final de março do ano passado, uma coalizão internacional liderada pela Arábia Saudita (sunita) lançou uma campanha de bombardeios contra as posições houthis no Iêmen, a pedido de Hadi e com apoio dos EUA e de países europeus. Mais de três mil civis teriam sido mortos em decorrência desses ataques, segundo dados das Nações Unidas. De acordo com os rebeldes, no entanto, esses números seriam três vezes maiores.


    Mais:

    Irã vê mão saudita no golpe fracassado na Turquia
    Arábia Saudita disposta a ajudar Rússia a 'ser mais forte do que União Soviética'
    Príncipe saudita pede encontro com Ban Ki-moon sobre Iêmen e lista negra
    Tags:
    confrontos, fronteira, mortos, baixas, soldados, coalizão, sunitas, xiitas, houthis, Ali Abdullah Saleh, Abd Rabbuh Mansur Hadi, Iêmen, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar