13:30 17 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1662
    Nos siga no

    Nesta quinta-feira (28), o presidente norte-americano Barack Obama e o candidato à presidência do Partido Republicano, Donald Trump, discutiram, à distância, sobre a grandeza dos Estados Unidos da América.

    Na convenção do Partido Democrata, Obama criticou o slogan da campanha pré-eleitoral de Trump – "Tornar a América grande novamente".

    "A América já é grande. A América já é forte. Eu prometo que nossa força e grandeza não dependem de Donald Trump", disse Obama.

    Quase logo após a declaração do presidente dos EUA, Trump escreveu no Twitter o seguinte: "O nosso país não parece "ser grande" para as milhares de pessoas maravilhosas que vivem em pobreza, cercadas pela violência e pelo desespero". Esta postagem ganhou 20 mil likes e 7 mil repostagens em menos de uma hora.

    Obama, de forma polêmica, declarou que o Partido Republicano além de "emanar descontentamento e ódio", propõe uma visão profundamente pessimista dos Estados Unidos, onde os cidadãos se encontram em guerra entre si e estão isolados do mundo externo. Obama está otimista e espera que a candidatura da democrata Hillary Clinton possa levá-la à vitória.

    Mais:

    Meio-irmão de Obama, decepcionado com Barack, vai votar em Trump
    Qual delas plagia as ideias? Melania Trump vs Michelle Obama
    Tags:
    otimismo, declaração, candidato, Convenção Nacional Democrata, Partido Republicano, Partido Democrata, Donald Trump, Barack Obama, América, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar