21:04 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Militantes do grupo terrorista Al-Shabab na Somália

    Ataque do Al-Shabaab a base da União Africana em Mogadíscio deixa 13 mortos

    © AP Photo / Mohamed Sheikh Nor
    Mundo
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    Homens-bomba mataram pelo menos 13 pessoas nos portões de Halane – a principal base de manutenção da paz da União Africana em Mogadíscio, capital da Somália –, em um ataque reivindicado pelos militantes islâmicos do Al-Shabaab nesta terça-feira (26).

    A força das bombas quebrou janelas no aeroporto de Mogadíscio, que fica nas proximidades, e forçou a suspensão dos voos, segundo disseram policiais e testemunhas.

    "Pelo menos 13 pessoas – a maioria das forças de segurança – morreram nas duas explosões com carros-bomba", e outras 12 ficaram feridas, disse o policial Abdiqadir Omar à Reuters. 

    O Al-Shabaab, movimento ligado à Al Qaeda, busca derrubar o governo somali apoiado pelo Ocidente para instaurar a lei islâmica no país africano.

    A polícia disse que o primeiro atacante detonou um carro-bomba e o segundo tentou invadir a base da União Africana a pé, mas foi baleado e explodiu no portão. 

    Mais:

    Tiroteio e forte explosão em aeroporto de Mogadíscio, Somália
    Cidadãos russos escapam de ataque em hotel na Somália
    Ataque contra hotel na Somália deixa pelo menos 15 mortos
    Somália condena à morte 43 militantes da Al-Shabaab
    Tags:
    extremistas islâmicos, atentado suicida, homens-bomba, ataque, manutenção da paz, base, Halane, Al-Qaeda, Al-Shabaab, União Africana, Mogadíscio, Somália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar