23:27 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 010
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Rússia negou nesta segunda-feira (25) as alegações feitas pelo ministro da Defesa búlgaro sobre supostas violações frequentes do espaço aéreo da OTAN sobre o Mar Negro por parte de aviões militares russos que voariam com transponders desligados.

    O ministro da Defesa búlgaro, Nikolay Nenchev, afirmou no domingo (24), em entrevista a um canal de televisão de seu país, que aviões militares russos, voando com transponders desligados, teriam violado a chamada zona búlgara de responsabilidade no espaço aéreo da OTAN em, pelo menos, quatro ocasiões em junho.

    "Os aviões militares russos realizam voos regularmente sobre o Mar Negro estritamente ao longo das rotas autorizadas pelas regras internacionais de utilização do espaço aéreo sobre águas neutras", disse o porta-voz do ministério russo, Major Genenarl Igor Konashenkov, em comunicado.

    "Além disso, todos os voos, incluindo aqueles de junho, foram conduzidos com transponders ligados", acrescentou Konashenkov.

    O porta-voz disse ainda que a Rússia não tinha recebido até agora nenhum pedido do lado búlgaro para explicar as supostas violações, contrariamente às afirmações feitas por Nenchev.

    Mais:

    'Paz Fria' rege relações entre Rússia e Ocidente, diz presidente búlgaro
    Exercícios multinacionais da OTAN começam na Bulgária
    Tags:
    transponder, águas neutras, violação, espaço aéreo, Ministério da Defesa, OTAN, Nikolay Nenchev, Igor Konashenkov, Mar Negro, Bulgária, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar