00:09 20 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Nadezhda Savchenko

    Savchenko não quer, mas sente que deve se tornar líder da Ucrânia

    © Sputnik / Sergey Kuznecov
    Mundo
    URL curta
    154

    A deputada da Suprema Rada (parlamento ucraniano) Nadezhda Savchenko, previamente condenada na Rússia pelo assassinato de jornalistas russos em Donbass, disse em entrevista à Deutsche Welle que "não quer, mas deve" se tornar a presidente da Ucrânia.

    "Eu respondi que eu não queria, mas poderia, hoje eu talvez responda que provavelmente já devo", disse ela.

    Ao mesmo tempo, segundo Savchenko, ela terá de se tornar "um ditador que mantenha tudo em suas mãos", para que o poder acabe indo para o povo e ninguém o possa tirar mais ao povo.

    No início desta semana, a ucraniana, que tinha sido condenada a pena de prisão na Rússia, mas que foi indultada por decreto de Vladimir Putin em maio, fez várias declarações.

    Em particular, em uma entrevista ao Canal 5, ela falou da necessidade de as partes em conflito no Leste da Ucrânia pedirem perdão uns aos outros. Esta declaração provocou uma onda de críticas por parte dos ucranianos, incluindo de altos funcionários oficiais.

    Mais:

    Savchenko se oferece para negociar troca de prisioneiros com milícias de Donbass
    Parlamento: Savchenko está preparando golpe por encomenda do Kremlin
    Nova deputada ucraniana Savchenko compara jornalistas a chacais
    Savchenko vai discursar na Suprema Rada
    Tags:
    presidência, liderança, Suprema Rada, Nadezhda Savchenko, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar