15:11 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Manifestantes com bandeiras da Frente al-Nusra

    EUA: fortalecimento da Frente al-Nusra na Síria é um grande problema

    © REUTERS/ Khalil Ashawi
    Mundo
    URL curta
    0 131919

    O enviado especial do presidente dos Estados Unidos na coalizão para a luta contra o grupo Daesh (Estado Islâmico), Brett McGurk, declarou que o fortalecimento do grupo Frente al-Nusra na Síria é um grande problema.

    “Mais um grande problema para o cessar-fogo da Síria é a Frente al-Nusra, que é afiliada da Al Qaeda. Suas capacidades militares estão crescendo e o grupo não faz parte do acordo de cesar-fogo”, disse McGurk. 

    Outro problema destacado pelo enviado norte-americano diz respeito às ações do governo sírio, que, segundo ele, continua atacando a oposição e cidadãos do país. 

    “A Frente al-Nusra realiza operações contra o regime sírio, que responde, e vocês veem esse ciclo de ataque e violência, o que nós tentamos interromper”, disse ele. 

    De acordo com McGurk, a discussão sobre esses “problemas fundamentais” aconteceu durante as discussões em Moscou, realizadas entre o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o secretário de Estado dos EUA, John Kerry. Além disso, Kerry discutiu estas questões por dias com a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, e o novo ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, Boris Johnson.

    Mais:

    Ex-professor da matemática saudita fala como combateu na Frente al-Nusra
    Turquia recomenda à União Europeia organizar exposição sobre a Frente al-Nusra
    Terroristas da Frente al-Nusra não conseguiram romper cerco de Aleppo
    Terroristas da Frente Al-Nusra recebem 100 mísseis terra-ar
    Rússia acusa EUA de querer a permanência da Frente al-Nusra na Síria
    Tags:
    terrorista, Frente al-Nusra, Sergei Lavrov, John Kerry, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik