03:51 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O republicano americano Donald Trump

    Partido Republicano defende apoio militar à Ucrânia e novas sanções contra Rússia

    © AFP 2019 / BRENDAN SMIALOWSKI
    Mundo
    URL curta
    0 216
    Nos siga no

    O Partido Republicano dos EUA aprovou nesta segunda-feira (17) o seu novo programa oficial, que, entre outras coisas, defende a prestação de ajuda militar à Ucrânia e a possível introdução de novas sanções contra a Rússia.

    “Apoiamos a manutenção e, caso necessário, o reforço conjunto com nossos aliados das sanções contra a Rússia, até que a soberania e a integridade territorial da Ucrânia sejam totalmente restabelecidas. Também apoiamos a prestação de ajuda necessária às forças armadas da Ucrânia e uma coordenação mais ampla no âmbito do planejamento de defesa da OTAN” — diz o programa do partido.

    Apesar abordar o tema do apoio militar à Kiev, o documento não chega a falar em possíveis remessas de armamentos para a Ucrânia, tão defendidos pela maioria dos membros republicanos no Congresso. De acordo com o jornal Washington Post, a passagem sobre o envio de armas teria sido excluída do programa por determinação de assessores do líder republicano Donald Trump, candidato à presidência dos EUA.

    A atual administração da Casa Branca, liderada pelo presidente Barack Obama, já gastou mais de 300 milhões de dólares em ajuda militar à Ucrânia, mas nunca chegou a enviar armas para aquele país, sendo duramente criticada pelo republicanos por causa disso.

    As relações entre a Rússia e o Ocidente deterioraram-se por conta da situação na Ucrânia. Em julho de 2014, a UE e os EUA aplicaram sanções pontuais contra certos indivíduos e empresas da Rússia. Em seguida, foram implementadas medidas restritivas em relação a setores inteiros da economia russa. Em resposta, a Rússia restringiu a importação de produtos alimentares de países que lhe impuseram sanções.

    Mais:

    Clinton aumenta vantagem sobre Trump em 13%
    Assessor de Trump para política externa dará palestra em Moscou
    Trump convidaria Putin para ir a Washington
    Tags:
    programa, ajuda militar, apoio, sanções, Partido Republicano, Donald Trump, Ucrânia, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar