21:03 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    O veículo blindado norte-americano Stryker na Polônia, no âmbito dos exercícios militares dos EUA e OTAN Dragoon Ride

    Polônia receberá até 10 mil soldados da OTAN, afirma chanceler polonês

    © AP Photo / Alik Keplicz
    Mundo
    URL curta
    213
    Nos siga no

    Até dez mil soldados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) serão enviados para a Polônia como parte da estratégia de expansão da presença militar da Aliança em seu flanco oriental, segundo afirmou nesta segunda-feira (18) o ministro das Relações Exteriores polonês, Witold Waszczykowski.

    A última cúpula da OTAN, realizada entre os dias 8 e 9 de julho em Varsóvia, teve como foco as relações com a Rússia. Durante a cúpula, a Aliança decidiu reforçar a sua presença militar na Europa Oriental, de forma rotativa, com quatro batalhões na Polônia e nos países bálticos.

    "Nós não estamos falando apenas de alguns batalhões – estamos adicionando (…) forças [de resposta ultrarrápida], a brigada dos EUA a base do escudo de mísseis em Redzikowo. Durante diferentes períodos de tempo, até 10 mil soldados da OTAN podem ser posicionados na Polônia. É um apoio militar significativo. Para nós, esta é uma mudança geoestratégica no equilíbrio de forças no Oriente", disse o ministro em entrevista ao semanário Do Rzeczy.

    Desde 2014, a OTAN tem fortalecido a sua presença militar na Europa, especialmente nos países vizinhos da Rússia no Leste Europeu, utilizando como pretexto a suposta interferência de Moscou no conflito interno da Ucrânia. A Rússia tem negado repetidamente as alegações ocidentais e já advertiu a OTAN de que a escalada militar nas fronteiras do país constitui uma provocação e uma ameaça ao equilíbrio estratégico do poder.

    Mais:

    EUA manipulam OTAN com 'ameaça russa'
    Moscou se opõe ao reforço de ações militares da OTAN no mar Negro
    Lavrov: Cabe à OTAN 'reavivar' a cooperação com a Rússia
    Pacifistas fazem Cúpula Alternativa em Varsóvia contra a retórica da OTAN
    Tags:
    balança de poder, equilíbrio de poder, soldados, presença militar, OTAN, Witold Waszczykowski, Leste Europeu, Rússia, EUA, Varsóvia, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar