23:29 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Ministra dos Assuntos Internos do Reino Unido Theresa May fala aos jornalistas perto de entrada ao Palácio de Westminster, Londres, Reino Unido, 7 de julho de 2016

    Governo britânico submete programa de defesa nuclear ao voto parlamentário

    © AFP 2019 / BEN STANSALL
    Mundo
    URL curta
    0 07
    Nos siga no

    A nova chefe do governo britânico, Theresa May, pedirá no próximo dia 18 de julho o apoio final do Parlamento de Westminster para a renovação do programa Trident de defesa marítima nuclear.

    Publicada nesta sexta-feira (15), a moção confirma o objetivo do Executivo conservador de renovar toda a frota de quatro submarinos equipados com mísseis balísticos Trident II D-5.

    O texto apela ao voto dos deputados "para apoiar a decisão de tomar todas as medidas necessárias para substituir os atuais submarinos da classe Vanguard por quatro submarinos Sucessores", nome genérico das embarcações que serão construídas pelo grupo britânico BAE.

    O custo desses “sucessores” será de 31 bilhões de libras.

    A votação na Câmara dos Comuns permitirá que o governo de May apresente uma frente unida após os amargos enfrentamentos e traições internas desencadeadas durante e após o referendo sobre a saída da União Europeia.

    Além disso, a medida também porá em evidência a crise de liderança no movimento trabalhista, que foi dramaticamente afetado desde a vitória do Brexit.

    Jeremy Corbyn, atual líder do Partido Trabalhista e líder da oposição na Câmara dos Comuns, é membro do conselho da Campanha para o Desarmamento Nuclear (CND) e se opõe ao programa dos “sucessores”.

    No entanto, a linha oficial do partido aprova a renovação e uma grande parte dos deputados provavelmente deverá votar com o governo, o que torna quase certa a vitória de May na Câmara dos Comuns.

    Mais:

    Submarinos não tripulados entram ao serviço da Marinha russa
    Propaganda do governo britânico pode levar Londres a guerra com Rússia
    Comitê de defesa do parlamento britânico pediu ampliação das sanções da UE contra a Rússia
    Tags:
    trabalhistas, frota, renovação, substituição, mísseis balísticos, votação, defesa nuclear, defesa marítima, parlamento, Brexit, sucessores, submarinos, Trident II D-5, Trident, BAE, Câmara dos Comuns, Theresa May, Grã-Bretanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar