17:26 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Passeio dos Ingleses, Nice em 15 de julho, 2016

    Testemunhas falam sobre atentado em Nice: 'Na estrada havia muitos corpos'

    © AFP 2019 / ANNE-CHRISTINE POUJOULAT
    Mundo
    URL curta
    Atentado em dia de feriado nacional francês (37)
    111

    O mundo foi abalado pelo atentado que levou 84 vidas após um motorista de caminhão ter atropelado uma multidão de pessoas que olhava nos fogos de artifício em homenagem ao feriado nacional da França – o Dia da Tomada de Bastilha.

    A agência russa RIA Novosti entrou no contato com vários cidadãos russos que estavam na cidade e viram a tragédia com seus próprios olhos.

    "Corpos estavam na estrada"

    A guia Rita Davletova estava no terraço de um restaurante com seus amigos. Uma deles que trabalha na Prefeitura de Nice logo entendeu que algo estava errado:

    "O caminhão seguia a grande velocidade. A amiga nos disse para nos escondermos na sala do casino. Eu vi como as pessoas caíam em meio da estrada. Nós nos escondemos, pessoas corriam na avenida marginal. As portas foram fechadas, mas vimos através de uma fenda o que acontecia no hall. Iam sendo trazidos feridos, eram muitos", disse Rita.

    Cerca de uma hora depois foram autorizados a sair do casino. Na sala principal havia corpos cobertos de lençóis. 

    "Na estrada havia muitos corpos. Tínhamos medo de nos separarmos… Neste casino também havia um jovem rapaz russo. Ele estava lá por acaso, passava pelo local e falava por telefone, quando virou a cabeça, viu o caminhão e correu conosco. Não conseguiu ligar para sua mãe. Muitas pessoas estavam perdidas. Uma mulher que chegou ao casino com um carrinho de bebé, chorava muito porque seu marido tinha caído nessa avenida", adicionou Rita.

    "Não havia policiais"

    Alina Shabanova com seu esposo jantavam nessa altura em um restaurante na avenida marginal. 

    "O caminhão rompeu a cerca, o que não era difícil – as construções de metal eram leves. No meio havia sido instalado um palco onde tocava um grupo rock… Nas notícias falam que o atentado ocorreu durante o fogo de artifício mas não é assim. O fogo de artifício já tinha acabado, o grupo musical estava no palco, muitas pessoas estavam lá. Nessa noite Nice ficou vazia, todos tinham vindo ao Passeio dos Ingleses, por isso a multidão era enorme", disse Alina. 

    "Meu marido viu como o caminhão rompeu a cerca e foi em direção às pessoas. Ele gritou-me, eu ergui-me de um salto e vi como uma multidão em pânico estava se aproximando. Todos os que estavam no edifício correram à área administrativa do restaurante, ao porão… Em alguns minutos chegou um francês jovem, suas mãos estavam cobertas de sangue. Perguntei-lhe o que aconteceu, mas ele respondeu que lá tinha ficado sua mulher e foi-se embora", contou Alina.

    Segundo ela, o nível de segurança não era suficiente. Se durante a parada nas ruas havia policiais, de noite já quase não havia.

    Tema:
    Atentado em dia de feriado nacional francês (37)

    Mais:

    Forças especiais francesas neutralizam caminhão com explosivos em Nice
    Aeroporto de Nice evacuado
    Tags:
    atentado, Nice, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar