04:50 08 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 22
    Nos siga no

    É muito provável que um novo referendo sobre a independência da Escócia possa ser realizado nos próximos dois anos, mas a respetiva decisão ainda não foi tomada, informou a primeira-ministra da Escócia Nicola Sturgeon.

    "O referendo sobre a independência da Escócia acontecerá, com elevado grau de probabilidade, nos próximos dois anos no contexto do processo referente ao artigo 50 (sobre a saída da UE), mas eu ainda não tomei essa decisão, embora ela faça parte da agenda", disse Sturgeon em um briefing para jornalistas estrangeiros.

    Se isso for o único caminho para manter a nossa permanência na UE, isso será aquilo que irá garantir os direitos dos escoceses, acrescentou.

    A primeira-ministra nomeou uma equipe de peritos, cuja tarefa será defender a permanência da Escócia na UE.

    Vale a pena lembrar que, em 23 de junho, a maioria dos cidadãos britânicos votou a favor da saída da UE, enquanto 62% dos escoceses escolheram a permanência na União. Depois disso, Sturgeon declarou que não exclui a realização de um novo referendo para definir o destino da Escócia.

    Mais:

    Escócia concorda em legislar segundo referendo sobre independência
    Tags:
    independência, referendo, soberania, União Europeia, Nicola Sturgeon, Escócia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar