18:31 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira do Iraque

    Pelo menos 35 pessoas morreram e 60 ficaram feridas após explosão no Iraque

    © flickr.com/ Global Panorama
    Mundo
    URL curta
    0 8401

    Pelo menos 35 pessoas morreram e 60 ficaram feridas após uma explosão e troca de tiros em Balad, ao norte de Bagdá, informou a agência Reuters.

    Após uma explosão de um carro-bomba, grupo de pessoas armadas abriu fogo contra um santuário xiita na província de Salah-ad-Din, aproximadamente a 90 quilômetros da capital iraquiana. Segundo Reuters, a região no entorno do santuário foi atacada por mísseis. 

    Segundo a agência Xinhua, o número de feridos pode ser maior ainda, cerca de 70 pessoas. Uma fonte no serviço de segurança informou a agência chinesa de que as pessoas armadas tomaram reféns.

    Há menos de uma semana, um outro grande atentado terrorista foi realizado no Iraque. Um carro-bomba explodiu na noite de 3 de julho, no centro de Bagdá, em uma região de restaurantes e de comércio intenso. A explosão foi tão potente, que provocou uma série de incêndios em prédios próximos. A responsabilidade foi assumida pelo grupo terrorista Daesh. 

    O atentado em Balad também foi reivindicado pelo mesmo grupo.

    Mais:

    Número de mortos no atentado a Bagdá chega a 292
    Número de mortos no atentado de Bagdá já se aproxima dos 300
    Rebeldes atacam aeroporto de Bagdá
    Número de mortos em mega-atentado do Daesh em Bagdá passa de 200
    Número de mortos em explosões em Bagdá chega a 165
    Iraquianos furiosos perseguem premiê após atentado em Bagdá (VÍDEO)
    Tags:
    atentado terrorista, Daesh, Bagdá, Balad, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik