08:56 14 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    181
    Nos siga no

    As tropas do governo da Síria, pelo segundo dia seguido, repelem múltiplos ataques da coligação Jaish al-Fatah [Exército de Conquista], composto por combatentes da Frente al-Nusra, Ashrar ash-Sham e outros grupos terroristas, ao norte de Aleppo. Os terroristas estão sofrendo fortes baixas, informou o correspondente da agência Sputnik.

    Segundo fonte no exército sírio, os terroristas sofrem baixas. Na sexta-feira foram destruídos quatro tanques, seis jipes com metralhadoras, 5 jipes com terroristas, três morteiros e alguns caminhões com munições.

    Durante os confrontos, foram liquidados centros operacionais dos terroristas, localizados em vilas nas proximidades da cidade.

    Segundo os militares sírios, parte do território ao norte da cidade foi recuperado. O ataques dos terroristas, que começou na quarta-feira, contou com a participação de mercenários estrangeiros da Turquia, países árabes e outros Estados.

    O correspondente da agência Sputnik informou que os combates continuam, sem cessar, durante toda a semana. Tiros de artilharia são ouvidos por toda Aleppo. 

    A emissora libanesa Al Mayadin informou, citando uma fonte militar, que mais de 100 terroristas foram mortos nas últimas 24 horas, durante o ataque ao norte de Aleppo. Segundo a emissora, no dia anterior o número de baixas dos terroristas foi semelhante.

    Mais:

    Hezbollah anuncia eliminação de 600 terroristas em Aleppo desde início de junho
    Jihadistas sequestram quase mil pessoas na província síria de Aleppo
    Rússia entrega mais de 25 toneladas de ajuda humanitária em Homs e Aleppo
    Califado condenado: Daesh pode perder Raqqa, Aleppo e Deir ez-Zor
    Tags:
    Frente al-Nusra, Jaish al-Fatah, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar