00:13 02 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    231
    Nos siga no

    Rebeldes sírios apoiados pelos EUA foram forçados a recuar da periferia de uma cidade controlada pelo Daesh (autodenominado Estado Islâmico) na fronteira com o Iraque e de uma base aérea próxima depois de um contra-ataque efetuado pelos jihadistas nesta quarta-feira (29), segundo disseram duas fontes rebeldes citadas pela Reuters.

    O grupo rebelde Novo Exército Sírio, apoiado pelos Estados Unidos, lançou um ataque com o objetivo de recuperar o controle sobre a cidade de Al-Bukamal na terça-feira (28).

    De acordo com uma das fontes citadas pela Reuters, os militantes do Daesh cercaram os rebeldes em uma emboscada surpresa. Além disso, a fonte disse que os rebeldes tinham sofrido grandes baixas e tiveram suas armas apreendidas pelos jihadistas.

    Um porta-voz do Novo Exército Sírio, Muzahem al Saloum, confirmou que a facção foi obrigada a recuar.

     

    Mais:

    Daesh perde base aérea no nordeste da Síria
    Militares iraquianos liberaram do Daesh dois bairros da província de Anbar
    Oposição síria pede ajuda às forças russas
    Diplomacia russa recebe Conselho Nacional Curdo da oposição síria
    Tags:
    Síria, Iraque, EUA, Al-Bukamal, Muzahem al Saloum, Novo Exército Sírio, Daesh, Estado Islâmico, rebeldes sírios, oposição, grupos armados, recuar, fronteira
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar