18:54 20 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro britânico David Cameron

    Cameron: Reino Unido irá notificar UE sobre saída 'quando for necessário'

    © AP Photo /
    Mundo
    URL curta
    Brexit: reações e consequências (121)
    213

    O Reino Unido irá notificar a UE sobre a decisão de sair da União quando Londres considerar isso necessário, afirmou o primeiro-ministro britânico David Cameron nesta terça (28).

    Antes, os líderes da UE, irritados com a decisão britânica de sair da União Europeia, chamaram Londres a notificar a UE sobre sua decisão o mais rápido possível.

    "O Reino Unido vai notificar a UE sobre a sua decisão quando for necessário e possível <…> Este é o nosso direito soberano de membro da UE", disse Cameron em coletiva de imprensa em Bruxelas.

    Além disso, o primeiro-ministro britânico ressaltou que a principal razão da decisão do Brexit era o problema da imigração. Segundo ele, os britânicos duvidam a capacidade da UE de assegurar o controle das fronteiras.

    Angela Merkel, chanceler da Alemanha
    © AP Photo / Markus Schreiber
    Os eleitores britânicos decidiram em referendo, na última quinta-feira, que o Reino Unido vai sair da União Europeia, depois de o Brexit — união das palavras Britain (Grã-Bretanha) e exit (saída, em inglês) — ter conquistado 51,9% dos votos. Com este resultado, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou que deixará o cargo em outubro.

    Imediatamente depois do anúncio dos resultados, David Cameron anunciou sua intenção de renunciar em outubro. Segundo ele, as negociações sobre a saída do país da União Europeia serão conduzidas pelo seu sucessor.

    Tema:
    Brexit: reações e consequências (121)

    Mais:

    Banco Central: Brexit pode reduzir crescimento no Brasil
    Japão quer minimizar impacto do Brexit colaborando com G7
    Merkel, Hollande e Renzi definem prioridades da UE pós-Brexit
    Tags:
    notificação, decisão, discurso, saída, referendo, Brexit, David Cameron, Bruxelas, Reino Unido, União Europeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik