06:19 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    O ex-comandante supremo da OTAN na Europa Philip Breedlove

    Ministério da Defesa russo responde a declaração de Breedlove

    © AP Photo / Virginia Mayo
    Mundo
    URL curta
    13214

    O ex-comandante supremo da OTAN na Europa Philip Breedlove tenta convencer os europeus para emprestarem de boa vontade dinheiro para o soldo dos militares americanos.

    Foi exatamente desta maneira que o representante do Ministério da Defesa russo, maior-general Igor Konashenkov, explicou as palavras de general Breedlove sobre a ameaça por parte de Moscou.

    Antes, no ensaio "Os próximos passos da OTAN: como lidar com a Rússia e outras ameaças" publicado na revista Foreign Affairs, Breedlove escreveu que "a Rússia representa uma ameaça permanente à existência dos Estados Unidos, seus aliados e a ordem internacional".

    "O fim de todos estes assaltos é convencer os contribuintes dos países da OTAN a se despedirem de seus meios financeiros para executar a instalação e pagar o soldo aos militares, principalmente americanos, na Europa", disse Konashenkov.

    O major-general russo também assinalou que um ensaio russófobo é um sinal de ausência de perspectivas para o general no serviço militar e da sua rápida passagem ao novo estado – “um reformado dos tempos da Guerra Fria”.

    "Nós já avisámos que quando se aproximasse a cúpula de OTAN em Varsóvia [em 8 de julho], onde está planejada a tomada de decisão sobre o desdobramento de 4 batalhões da OTAN perto da fronteira com a Rússia, a quantidade de gritos de ‘políticos reformados’ aumentaria no Ocidente", acrescentou o representante do Ministério da Defesa.

    Philip Breedlove deixou seu cargo em maio, depois de 39 anos de serviço nas Forças Armadas dos EUA. O general norte-americano Curtis Scaparrotti se tornou o novo comandante supremo das Forças da OTAN na Europa.

    A mídia relatou que Breedlove é o autor de mecanismo de fortalecimento do flanco leste da OTAN, incluindo do aumento de material bélico nos Países Bálticos e Europa de Leste.

    Mais:

    Não será melhor viver em paz? Gastos militares de países europeus aumentam
    Kremlin explica como surge a ideia da 'ameaça russa' aos Países Bálticos
    Noruega reforça Exército por causa de ‘ameaça russa’
    Tags:
    ameaça russa, militares, despesas, OTAN, Philip Breedlove, Leste Europeu, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik