01:32 16 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    12384
    Nos siga no

    Famoso diretor americano continua provocando os EUA. Seu novo documentário, chamado “Ukraine on Fire” (ainda sem nome em português), promete acertar o alvo, segundo o jornal francês La Croix.

    O documentário foca em uma possível implicação dos EUA e da CIA no processo revolucionário em Kiev e na guerra em Donbass. Ao mesmo tempo, o diretor nega a versão de uma “rebelião popular”, discute o que ocorreu com o presidente russo, Vladimir Putin, e o ex-presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, que acabou derrubado no processo chamado Euromaidan e atualmente refugiado na Rússia.

    Além dos políticos, o filme conta com a participação do conhecido jornalista investigativo americano Robert Parry, que também investigou o caso Irã-Contra, no qual o governo americano, sob administração de Ronald Reagan, vendeu armas ao Irã e financiou o movimento de oposição na Nicarágua conhecido como Contra.

    Segundo o jornal La Croix, Oliver Stone foi criticado em várias ocasiões por seu apoio às FARC e ao Kremlin. Seus documentários e filmes têm uma clara orientação anti-EUA, desde o famoso filme Platoon, sobre a Guerra do Vietnã, até o controverso JFK, que examina os eventos que levaram ao assassinato do Presidente John F. Kennedy.

    Mais:

    Rússia entrega 400 toneladas de ajuda humanitária para a Ucrânia
    Tags:
    documentário, filme, conflito ucraniano, Euromaidan, Oliver Stone, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar