02:24 23 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Porto de Gibraltar

    Espanha quer erguer sua bandeira sobre Gibraltar após o Brexit

    © AFP 2017/ MARCOS MORENO
    Mundo
    URL curta
    Brexit: reações e consequências (121)
    7266773

    A Espanha exigirá soberania partilhada sobre Gibraltar após a decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia, disse o chanceler em funções José Manuel García-Margallo nesta sexta-feira (24), citado pela Reuters, acrescentando que o voto mudou completamente a perspectiva do futuro da península.

    A pequena península também conhecida como "The Rock" (o Rochedo), com 30 mil habitantes e situado na costa meridional da Espanha, é território britânico ultramarino desde 1713 e o maior ponto de discórdia nas relações entre a Espanha e o Reino Unido.

    “É uma mudança total de perspectiva, que abre novas possibilidades sobre Gibraltar que não se veem há muito tempo. Eu espero que a fórmula de soberania partilhada – para tudo ficar claro, com a bandeira espanhola sobre o Rochedo – está muito mais próxima de que antes”, disse.

    O porta-voz do governo de Gibraltar se recusou a falar sobre o Brexit e se referiu às declarações anteriores sobre a rejeição da ideia de soberania partilhada por 99 por cento da população de Gibraltar em um referendo local realizado anteriormente.

    Bandeiras a favor do Brexit, Ramsgate, 13 de junho, 2016.
    © AFP 2017/ Chris J Ratcliffe
    A Espanha irá pressionar Gibraltar para ficar fora de quaisquer negociações gerais com a União Europeia após a eventual saída britânica do bloco e irá solicitar negociações bilaterais para procurar uma solução de soberania partilhada e o controle espanhol final sobre a península, disse García-Margallo.

    Lembramos que Gibraltar votou a favor da permanência do Reino Unido na União Europeia no referendo realizado na quinta-feira (23).

    A maioria de pessoas que vivem em Gibraltar são cidadãos britânicos com passaportes britânicos, mas milhares de espanhóis cruzam a fronteira diariamente para trabalhar na península.

    O premiê espanhol Mariano Rajoy disse, nesta sexta-feira (24), que o voto britânico a favor da saída da União Europeia não afetará os direitos daqueles trabalhadores espanhóis que, segundo ele, poderão se mover livremente entre os dois territórios.

    Tema:
    Brexit: reações e consequências (121)
    Tags:
    diplomacia, referendo, soberania, Brexit, Mariano Rajoy, União Europeia, Reino Unido, Espanha, Gibraltar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik