12:58 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    General Valery Gerasimov, comandante do Estado-Maior das Forças Armadas Russas

    'Nós é que estamos perdendo a paciência', diz general russo em resposta aos EUA

    © Sputnik / Evgeny Biyatov
    Mundo
    URL curta
    111267
    Nos siga no

    "Somos nós, e não os americanos, que estamos perdendo a paciência em relação à situação na Síria", disse nesta segunda-feira (20) o chefe do Estado-Maior russo, general Valery Gerasimov, referindo-se às recentes afirmações de Washington de que a paciência dos EUA estaria "acabando".

    "Estamos cumprindo plenamente os nossos compromissos (…) relativos ao cessar-fogo e à reconciliação nacional na Síria", disse o general, em entrevista coletiva.

    "Já faz três meses que nós enviamos constantemente aos americanos as coordenadas de estruturas do Daesh (Estado Islâmico) e da Frente al-Nusra, mas os nossos parceiros americanos até hoje não conseguiram definir onde estão os seus oposicionistas e onde estão as organizações terroristas internacionais", acrescentou o oficial russo.

    Na quarta-feira (15), o secretário de Estado norte-americano John Kerry, durante uma visita a Oslo, na Noruega, afirmou que a paciência dos EUA  em relação ao conflito sírio e ao futuro do presidente Bashar Assad estava acabando.

    Posteriormente, o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby, explicou durante um briefing que as palavras de Kerry não eram uma ameaça à Rússia, mas apenas uma manifestação de frustração com a situação na Síria.

    Mais:

    Estado-Maior russo: terroristas retomam forças na Síria
    Chancelaria estadunidense: EUA não ameaçaram a Rússia
    Chanceler russo: Moscou não prometeu nada em relação à Síria
    Militares russos respondem às acusações dos EUA sobre ataques à oposição síria
    Rússia entrega 8 toneladas de ajuda humanitária na Síria
    Tags:
    paciência, conflito sírio, general, cessar-fogo, Estado-Maior, Forças Armadas, Daesh, Frente al-Nusra, Estado Islâmico, Valery Gerasimov, John Kerry, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar