16:14 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Angela Merkel, chanceler da Alemanha, e Frank-Walter Steinmeier, ministro de Relações Exteriores do país

    Alemanha: É necessário reiniciar o diálogo com a Rússia

    © AP Photo / Wolfgang Kumm/dpa via AP
    Mundo
    URL curta
    12110
    Nos siga no

    A declaração extraordinária por parte do chefe da diplomacia alemã Frank Walter Steinmeier, que acusou a OTAN de 'fanfarronice e belicismo', marca uma mudança nas retóricas do Ocidente em relação a Rússia.

    Mary Dejevsky, autora do jornal britânico The Guardian, acredita que o chefe da diplomacia alemã Steinmeier revelou uma verdade incômoda, que outros políticos ocidentais estavam sussurrando nos bastidores por vários meses. Para a jornalista, aquilo que o ministro falou é com certeza apoiado, pelo menos implicitamente, pela chancelarina do país Ângela Merkel.

    "Podemos depreender que as opiniões dos integrantes europeus da OTAN divergem fortemente no que diz respeito ao modo de lidar com a Rússia ou seja, em relação a saber quais as táticas que trarão melhor resultado – o isolamento punitivo ou a cooperação", diz o artigo.

    Três semanas antes da cúpula da OTAN em Varsóvia, o alto diplomata, entrevistado pela Bild am Sonntag, acusou a aliança, da qual, a propósito, o país dele faz parte, de 'praticar fanfarronice e belicismo' ao realizar manobras perto da fronteira da Rússia. De acordo com ele, isto não é um jeito correto de tratar a Rússia, afirmando que chegou a hora de reiniciar o diálogo.

    "O isolamento da Rússia não fez com que o país fosse mais cooperativo, em vez disso, agravou a estabilidade da Europa. Estamos no momento de tentar outras táticas", conclui o artigo.

    Mais:

    Steinmeier sugere revogar, em etapas, sanções contra a Rússia
    Poroshenko discutirá com Hollande sanções contra a Rússia
    Alemanha: é impossível garantir a segurança da Europa sem a Rússia
    Putin pede recuperação de confiança entre UE e Rússia
    Chanceler britânico: sanções são uma arma eficaz contra a Rússia
    Tags:
    relações diplomáticas, isolamento, sanções, diplomacia, The Guardian, Bild am Sonntag, OTAN, Angela Merkel, Frank-Walter Steinmeier, Varsóvia, Rússia, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar